quinta-feira, 24 de junho de 2010

Nem só de Ternura vivem as Grávidas

Ol@ Meninas,

Vou falar um pouquinho de como tem sido "emocionalmente"estar grávida...além da Felicidade, de estar vencendo cada dia os obstáculos ja que é minha segunda gravidez, sendo que a primeira perdi, e a segunda foi barra no início, tem o outro lado né? Apesar da fé, da crença em Deus e na convicção de que ele esta sempre comigo sou 100% humana e isso não dá pra deixar de lado.
Meu humor durante a gravidez tem oscilado muito, mas muito mesmo...Há dias que sou a pessoa mais feliz e agraciada do universo, mas há dias que sou só lamentações...Não tenho ninguém  por perto pra bater um papo e distrair a cabeça, pois é, lembram do meu pai e da boadrasta? Continuam lá com meu avô, sem previsão de retorno! Eu fico aqui tentando não ser egoísta e entender que meu avô precisa do meu pai. Mas me pego pensando, caramba, uma vez que fico grávida e meu pai tem que estar longe, já não tenho minha mãe, meu irmão mora no interior, que droga!
Ainda bem que tenho meu caderno de orações, já faz dois anos que tenho ele, é uma "espécie de diário" entre eu e o Pai. Pra mim tem sido uma benção, uma maravilha, posso ser eu mesma e abrir meu coração sem reservas, adoro reler o que escrevi e muitas das minhas petições Deus me concedeu, é maravilhoso ver como eu pedi e como Deus me deu providencia em diversas situações.

Meu marido é amigão, aquele pra contar sempre sabe?! Puxa eu admiro as guerreiras que criam um filho sozinho porque eu não posso imaginar estar sem ele nem nesse período nem em qualquer outro. Só Deus poderia me dar este presente tão valioso! Graças a Deus temos um casamento abençoado, buscamos nos respeitar e nos valorizar até nas pequenas coisas. Adoro cozinhar para o meu marido, ele nunca economiza elogios, mesmo em relação a casa cheirosinha, roupa lavada, parece que nao mas isso faz a diferença né? No dia dos namorados ficamos em casa, a grana estava curta, então eu preparei uma massa ao molho de queijo e uma carne. Foi um jantarzinho simples porém delicioso e muito feliz. Minha casa é o melhor lugar do mundo quando ele está aqui! E agradeço ao Pai que ouve nossas orações e conserva nosso amor.
Por outro lado álém de me sentir tristinha e solitária..rs...as vezes também me sinto beeem irritada. Com coisas triviais e simples, uma roupa suja no lugar errado, uma comida que dá errado, ligações e torpedão campeão da TIM que não me deixam em paz nunca, os latidos infernais da cachorra da vizinha que as vezes vai o dia inteiro que Deus dá, latindo, fico aqui arquitetando o que eu faria para recompensá-los com a falta de sossego que me causam? Ligaria para eles de madrugada, a cada 15 minutos e ficaria muda?... outro dia uma criatura aqui me resolve botar fogo no "quintal"pra queimar sei lá o que...(apesar de parecer por conta do meu relato, aqui não é periferia) mas enfim, corre a D. Maria aqui (eu diga-se de passagem) pra tirar as roupas d varal, a noite o quintal tava cheio de fuligem...toca lavar o quintal, a queimadinha durou três dias, no terceiro, uma segunda-feira foi até o local da "fogueira"...Pergunto: Sr. vai demorar muito a queimada aí? O Sr. ta sujando todo meu quintal,! Ah moça aqui vai longe viu... Imediatamente pensei ah é? Vamos ver quão longe vai depois que eu denunciar, não tive duvidas fiz a reclamação no orgão competente por telefone e aquele foi o último dia de fuligem no meu quintal....Destes momentos"enraivada" só o marido escapa...hehe..a noite quando ele chega, não dá pra perder tempo com isso né? Esperei o dia inteiro pra vê-lo, conversar, ficar juntinho... Como disse a raposa para o Pequeno Principe: Se tu vens às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz.... de Antoine de Saint-Exupèry.
É exatamente o que acontece comigo, quando vai chegando a hora dele chegar fico tão feliz. Além disso meu sono já não é o mesmo, só sonho besteiras de forma que o sono é sempre muito confuso e pesado, apesar de ter dormido 8 horas, nunca acordo satisfeita tô sempre cansada. Dizem que nessa altura da gravidez é comum, e esse monte de sonho estranho se deve as preocupações com a chegada do bebe, deve ser isso mesmo, porque tenho um montão de pensamentos e medos.
Medo de amamentar. Como assim? Ninguém escreve isso nos blogs né? Tenho medo, medo de sofrer muito, com as famosas "rachaduras" no seio, estou fazendo tudo direitinho conforme recomendação, o que também ja ouvi dizer que não é garantia de nada. E a Cesárea? Também tenho receio da cirurgia, estou confiante de que vou me recuperar bem e rápido, mas não deixo de ter medo, além da anestesia, que não deve ser nada "simpática"... Na verdade eu acho que tudo isso é ansiedade, ansiedade de que as coisas deem certo. Não penso nisso toda hora, mas de vez enquando me pego preocupada divagando sobre o puerperio e a escadaria da felicidade que tem aqui em casa, ja que moro num sobrado.
Comentei com a minha médica sobre meu humor, o que ela disse?! Relaxa é perfeitamente normal, peça desculpas e siga em frente....rsrsrs...Pedir desculpas pra quem? Sem diálogos, sem confusões...olha o lado positivo aí...rs



4 comentários:

Simply Cintia disse...

Nossa, esses é um dos melhores posts que já li sobre gravidez por causa da sua sinceridade. Sinto muitas das coisas que você está sentindo e graças a Deus que temos a Ele como refúgio e abrigo. Sabe q também fiquei com medo de amamentar por causa do mesmo motivo e minha médica falou pra não me preocupar, que não precisava me preparar e que mulher negra quase não tinha problemas como esse. Não fiquei amamentando por muito tempo mas graças a Deus não tive problemas. As amigas que tiveram problemas só passaram pelo sufoco por uns dias e estão amamentando até hoje (14 meses). A minha cesária foi inesperada mas até que a anestesia e tudo deu certo. A tecnologia muda tanto que graças a Deus as coisas estão bem melhores do que antes. Continue confiando em Deus. Vai dar tudo certo. Concordo com vc, muitas dessas coisas ninguém põe no blog, então continue escrevendo!

Luz disse...

oi Emi, estoou seguindo agora seu blog e fico emocionada com o que vc escreve...fico tb muito feliz pq as tempestades vieram e passaram pois vc está firme na ROCHA!Sou treinante a 6 anos e tb espero nele... as vezes doi muito as vezes doi menos não ter conseguido gerar meu bbzinho...mas não vou desistir.
Que Deus ilumine seus passos cada dia...Paz!

Simply Cintia disse...

Obrigada pela sua mensagem! Me passa o seu e-mail por favor?

☆♥ Rô ♥☆ disse...

Ahh Emeilie que bom que ta tão pertinho pra vc, já. Amiga esse medos são perfeitamente normais e pasme, eu q ja sou mãe, estou tão ansiosa e medrosa qto se fosse minha primeira gestação... Cada uma neh.
Eu acho vc uma pessoa tão serena e centrada ,isso com certeza é ponto muito positivo. O resto, Ele faz por nós,como grande Pai que é.
Bjs, fique bem,tenha uma semana deliciosa, e calma rs!!!