domingo, 29 de agosto de 2010

Treze Diferentes Dias


Hoje faz treze dias que nossa vida mudou completamente. Nenhum dia é igual ao outro, Luquinha é um bom menino, sossegadinho, só chora quando quer mamar e recentemente quando as cólicas veem lhe tirar o sossego. Parece um reloginho mama a cada 3 horas aproximadamente, não é muito comilão não, mama entre 45 e 50 ml no máximo, nunca os 60ml que o pedi indicou. Ele sempre dorme antes dos 60 ml e aí já era, tenho que tirar a mamadeira da boquinha dele porque se não ele engasga, aí o sapequinha fecha a boca e não abre nem por decreto, faz biquinho e fecha a boquinha com força pra ter certeza que ninguém vai colocar mais nada lá...rs
Depois de mamar então começam as caras e bocas, tão engraçadinho, sorri, fecha um olhinho e fica espiando só com o outro, pisca devagar os dois bem sonolento e aí sucumbi ao sono fechando os olhinhos em camera lenta...rs...encantador meu pitito.
As colicas chegaram essa semana e corta o coração ver o pequeno com aquela expressão de dor, estamos dando luftal é o que tem ajudado. Esses dias estava desesperada, porque ele tava cheio de cólica e com o intestino suuuper lento, trocamos o leite, de NAN Pro para o Comfort, mesmo assim mandei um email para o pedi perguntando se havia algo mais que pudessemos fazer pra aliviar esse sufoco, qua não foi minha surpresa quando li a resposta: "Na emergencia coloque um supositorio de glicerina." Não acreditei no que li, sinceramente, vocês têm idéia do tamanho do bumbum de um recém-nascido pra se colocar um supositorio? Alguém de vocês ja usou esse recurso em si mesma? É lamentável, por Cristo....fiquei indignada, olhando pro meu pitico vendo ele com aquela carita de dor, eu só colocaria um supositorio nele depois de explorar todos os recursos, outra coisa, como assim na emergência? O que é emergência neste caso, coco uma vez por dia e emergência? Ele nem me perguntou nada...
Então simples assim: Péimmmm....desclassificado. Esse "médico" não serve para o meu bebê. Melhor trocar agora do que ficar na mão numa situação de emergência como aconteceu comigo e minha GO na minha recuperação pós-parto.
Depois conto o que passei no pós-parto aliás tô passando ainda, vocês acreditam que eu tô com uma sonda vesical de demora? Pois é, minha GO aquela que era atrapalhada mais super boazinha me deixou na mão na minha recuperação pós parto. Negligenciou um problema que tive "retenção urinária" insistiu bestialmente que era psicológico e eu fiquei sofrendo por mais de uma semana com uma barriga imensa, pernas super hiper inchadas, ainda teve a capacidade de me botar uma pilha falando que era problema no meu útero....meninas...só por Deus! Amanhã tiro a sonda que foi colocada na quinta-feira, orem por mim amadas, logo volto pra contar minha benção completa eu creio!

Bjo grande pra vcs...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

O Parto -

Depois do post pesadíssimo de ontem, vale um mais leve pra gente celebrar junto os feitos do Senhor. Chegamos na Maternidade as 8h30, segunda-feira dia 16.
Estavamos ansiosos, porém felizes e confiantes de que Deus estava prestes a completar sua boa obra em nossa vida e assim foi.
A enfermeira veio logo me buscar pra eu me preparar para ir ao centro cirurgico, meu marido tambem foi se paramentar num outro andar. Aguardei ele num quarto com uma cama e tv estava tudo tranquilo, ele logo chegou, eu sentia só um friozinho na barriga...rs
Então vieram me buscar para o centro cirurgico, la vi minha médica e conheci a anestesista, por quem eu vinha orando há alguns meses..rs...depois de tanto relato de dificuldades com a anestesia passei a orar..
A anestesista foi quem colocou um "acesso" no meu braço porque a enfermeira não conseguiu, doeu muuuuito, o acesso não é mais com uma agulha mas com um cateter flexivel pra que a "mamãe"tenha mobilidade para pegar o bebe...moderno, não?!
Doeu tanto que pensei, misericordia, quando for a anestesia não quero nem ver...para minha surpresa não doeu nada, foi muito tranquilo e mais rápido do que pensei eu tava anestesiada, a anestesista pediu que eu ficasse com as pernas "tipo borboleta" sabe? E depois de anestesiada durante todo o parto mesmo estando com as pernas retas fiquei sentindo as pernas na posição que estava quando me anestesiaram, cheguei a perguntar se minha perna tava reta....rs
Logo depois da anestesia tive uma queda de pressão, avisei, e fui imediatamente medicada e em minutos eu tava nova...hehe...fiquei feliz quando o marido chegou. Ele me perguntou se a Dra. ía avisar quando ela começasse, então perguntei a ela e todo mundo riu...(todo mundo = equipe que estava no centro cirurgico), ri também não entendi, mas fui na onda, então minha médica disse: Era pra avisar?
Ou seja ela ja tinha começado, então depois da minha pergunta aprox 5 minutos ela disse: O Papai quer ver tirar o bebe? E então ouvi um choro muito forte e não pude me conter, desandei a chorar também eu e meu marido, e logo trouxeram nosso filhinho, chorando muito, todo inchadinho o pobrezinho e eu me espantei por seu tamanho, como era pequenininho...sua boquinha minuscula, colocaram ele perto de mim e eu então falei com ele, imediatamente ele parou de chorar, perguntei se ele conhecia minha voz, e ali prometi a ele que com a graça do Pai eu sempre, sempre estaria com ele e que nunca, nunca o deixaria.
Meu marido o acompanhou para o primeiro banho e eu fiquei no pós-operatório por uma hora, antes de ir para o quarto.
O parto foi um sucesso, sem intercorrências, uma benção. A sensação de ouvir o bebê é indescritível, eu pensava esse é o choro de quem ficou 38 semanas na minha barriga me fazendo sonhar...Apesar do estresse que passamos o importante mesmo é que meu pequenino tá aqui, um anjinho, dormindo do meu ladinho.Agradeço todas as orações, louvo a Deus porque sua obra se cumpriu com perfeição em nossas vidas e agora posso dizer: Que a glória da segunda casa foi e é maior que a primeira em nossas vidas!
Obrigada Jesus, que cada uma das vitórias que tivemos seja incentivo e benção para aumentar a fé de todas vocês.

Bjo grande

domingo, 22 de agosto de 2010

Relatos Pós-Nascimento -

Ol@ Meninas,

Em primeiro lugar um milhão de obrigadas por todos os recadinhos carinhosos que vcs deixaram aqui.Que saudade mega de vcs, tudo joinha por aí? Tenho muita coisa pra contar pra vocês, inclusive farei um post bem detalhadinho assim que eu conseguir sobre o Parto.
Luquinha nasceu lindo (dá-lhe mamãe coruja), nasceu muito pequetito e surpreendeu a todos, contrariando todas as previsões, não posso dar 100% de certeza, mas acho que me sairia super bem num parto normal, ele nasceu com 45,6 cm pesando 2960 kg.
Nasceu super ligadinho, chorando muito e deixando a gente feliz a beça com seus pulmoezinhos a todo vapor. Que felicidade!
Ele nasceu as 10h31 do dia 16/08 e estava no quarto comigo as 15h30. Uma benção.
Tentamos faze-lo mamar, mas ele parecia estar sem fome, então não me preocupei muito, me disseram que era normal alguns recem nascidos não pegarem o peito logo de cara, antes da segunda tentativa, quando o trouxeram novamente para o quarto eu soube que ele tinha vomitado um pouquinho, mas nada fora da "normalidade", então fizemos a segunda tentativa a noite e nada, fiquei um pouco apreensiva mas continuei acreditando que estava tudo normal. 
As 3h30 o telefone tocou no quarto era o berçário avisando que ele havia vomitado novamente e que por isso íam encaminhá-lo a UTI Neo-Natal. A princípio não me caiu a ficha, eu "operada" com dores, no meio da madrugada...meu marido foi acompanhá-lo, e em cinco minutos eu estava realmente em mim e aí me desesperei. Tentei levantar sozinha, mas eu sentia tanta dor na "maledeta"cirurgia que fiquei empacada, chamei a enfermeira que me ajudou, coloquei um hobby e peguei o elevador pra UTI, meu Deus, que dor na alma....não há palavras, eu pensava que precisava estar com meu pequeno tão indefeso...
Cheguei na UTI, não sei como a cirurgia ardia, queimava, fritava sei lá...
Aí vi meu anjinho lá na incubadora, só de fraldinha. tao pitito sem saber o que tava acontecendo, então eu soube que havia sangue no vomito por isso a necessidade dele ir lá pra neo.
Colocaram uma sondinha gastrica nele e soro...meninas...que visão desoladora...choravamos...nunca esquecerei da dor que sentimos...pobrezinho do meu menininho.
Através dos exames constataram que ele tinha falta de vitamina K  - baixo fator de coagulação. Toda criança quando nasce recebe uma ampola dessa vitamina e no caso dele não foi suficiente, ele então foi medicado assim que sairam os resultados dos exames por volta das 10h00 do dia 17 e ainda ficou na Neo-Natal por 24 horas. Para honra e glória do Senhor, os remedios tiveram o efeito desejado e na quarta-feira  nesse horário nosso anjinho tava de volta no nosso quarto. Não desejo a pior pessoa da Terra uma dor dessas. Mas aqui estamos para agradecer a Deus por este milagre!
Lá na UTI pra ver se estava tudo em ordem com o estomago do pequeno fizeram um teste com NAN num copinho já que eu tinha só o colostro que numa ordenha de 20 minutos dava 2ml.
Com tudo isso que a gente passou ficou um saldo, o pequeno Lucca não mama no peito, e estou vivendo um grande desafio, físico e psicológico. Estou alimentando ele com NAN o que sempre rejeitei, essa é mais uma pra a lista das coisas que não saíram como eu gostaria. Meu leite ja desceu, mas o pitito não mama, é duas sugadinhas e dorme e não há quem o faça mamar. Ele não segura a "pega", e apesar do estímulo que a gente vem tentando o exito tem sido quase zero.
Minha médica me indicou uma enfermeira obstétrica pra me auxiliar, no entanto não estou vendo avanço, aliás o bebê tem se mostrado irritadiço quando tento colocá-lo no peito o que é péssimo.
Amanhã vamos ao "golpe de misericórdia, vou tentar a translactação ou relactação como é conhecida, ainda não tentei porque encontrar a sondinha é um desafio, mas com a graça do Senhor amanhã acho a bendita. Não quero desistir sem antes esgotar todas as possibilidades.
Não quero estressar o pequenino, tadinho, já passou por tanta coisa nesse comecinho de vida, não dá pra esquecer, a mãozinha dele ainda tá roxinha das picadas que levou. Quero sim que ele mame no peito porque eu não tenho dúvida do quanto é bom pra saude e desenvolvimento dele, mas se de tudo eu não conseguir, paciência, não vou fazer um ritual de desgaste e estresse toda vez que ele for mamar, não é humano!
Enquanto isso estou fazendo ordenha manual, que inclusive é bem desgastante..mas vamos em frente.
Volto com mais assuntos, por exemplo o efeito de todo esse estresse que passei e o pós operatório...tudo isso merece um post assim: Coisas que ninguém comenta sobre o Pós parto e o Puerperio... 

Apesar de tudo...rs....a gente ta muito bem, cansados, porém felizes, gratos a Deus e a todos que de alguma forma estiveram orando por nós. Deus tem nos sustentado com seu amor e graça.

Aqui informações sobre Relactacao

bjs , volto assim que conseguir..com fotos do pequeno.



segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Nossa benção está aqui!


Olá, uma passadinha do papai do Luquinha a pedido da dona da pensão para colocar uma fotinho da nossa benção! Obrigado pelas palavras de todos e continuem orando por nós!

O Tempo Não Para...


Quando este post vier ao ar, eu provavelmente já terei visto meu Luquinha pela primeira vez!...
Ontem eu tive visitas e nem pude descansar como eu pretendia durante o dia...o dia simplesmente passou num piscar de olhos...
Aqui em SP tá muuuito frio, o que deixa a gente sem coragem...só com vontade de ficar debaixo das cobertas...hehe
Fui tomar meu banho as 19h e qquer coisa, e não pude deixar de pensar que estou realmente me despedindo do corpo de grávida...tive uma sensação estranha...Parece que alguém ta me tirando a barriga...risos....E não pude deixar de pensar que ficaria mais um tempo com ela se pudesse...coisa de grávida...
Ao mesmo tempo parece que estou sonhando e só vou viver o sonho se realizando quando eu ver meu filhinho pela primeira vez. Que experiência única é estar grávida! A gente quer que o tempo voe pra dar a luz logo e quando voa a gente fica com aquela pontinha de saudade...
A vida realmente não para nunca, é sempre um ciclo atrás do outro e por mais que isso traga saudade, nostalgia e até banzo, é muito saudável, se não fosse assim, poucos de nós viveriam diferentes experiencias porque estaríamos sempre presos a alguns momentos que nos fazem feliz e é provável que não nos daríamos a oportunidade de viver outras coisas...
Pra ficar na memória eu deixo aqui algumas lembranças da minha Gestação.
Se essas 38 semanas fossem...

Um Sabor: Café com leite
Um cheiro: Óleo de Banho pra mamãe da Natura
Um Lugar: O sofá da sala na minha casa
Uma Cor: Azul
Um Livro: A Biblia
Um Filme: O Fabuloso Destino de Amelie Poulain
Um Momento do Dia: Todos os dias as 16h00. Me sinto feliz , ta perto do marido chegar :-)
Um Objeto: O note de onde vos escrevo..rs
Uma Frase: A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o SENHOR dos Exércitos(..) Ageu 2:9

Bjo grande pra vcs,

domingo, 15 de agosto de 2010

Agradecimentos e Quartinho do Bebe

Ol@ Amadas,

Meu intuito era ter feito este post ontem, mas não deu. Foi um dia super corrido e hoje não será diferente, vamos receber alguns parentes aqui e ontem fomos jantar com uns amigos que também amamos muito, não dava pra dizer não. Então pensem, o dia voou...
Eu queria mesmo fazer um post super elaborado, mas não será possível, então vou deixar aqui as fotinhos do quarto do meu pitito, agradecer a Deus pela vida de cada uma de vocês que me fizeram companhia em todo este ciclo, que me fortaleceram com com palavras de fé e carinho! Meu coração está com cada uma de vocês e sei que o de vocês está aqui comigo. Em nome de Jesus, breve, breve, o post vai ter uma carinha de anjo que mesmo sem palavras vai explicar a todas como Deus trabalha e como seus milagres são inexplicáveis, só quem vive sabe o que é. E que estão aguardando no Senhor, siga...não pare, nem olhe pra trás porque fiel e justo é aquele que vos fez a promessa, portanto ele a cumprirá.

Então a "vossa" boca se encherá de riso e a sua língua de cântico; então se dirá entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes. Grandes coisas fez e fará o SENHOR por nós, pelas quais estamos alegres...

Mil desculpas, mas não vou ter como organizar as fotos como eu queria...não vou ter tempo...uma pena, mas pelo menos vocês teem uma idéia de como ficou o quartinho do meu pitito. BJS

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Rapidinha...

Ol@,
Passei rapidinho pra dizer um oizinho, amanhà se Deus quiser devo fazer meu último post antes da chegada do meu pequenino, e se tudo fluir como espero, posto umas fotinhos ou quem sabe um vídeo...
Hoje passei um dia super cansativo, não parei um minuto, fizemos os "'ultimos"ajustes do quartenho do pimpolho, que ta todo serelepe aqui.
Tive que ir no laboratório de novo fazer outro eletrocardiograma depois de receber um telegrama, fiquei assustada, pensei nossa deve ser grave o resultado, pra mandarem um telegrama, que nada, precisei repetir o exame porque ficou mal feito e deu laudo inconclusivo. Fiz o eletro e um ecocardiograma, já peguei os resultados, Glória a Deus, está tudo ótimo comigo!
Tirando minha exaustão, eu tô muito feliz e grata por tudo que Deus fez por nós...eu hoje to me sentindo como nesta imagem que escolhi para o post, estou prestes a abrir meu presente, estou prestes a ver como é a "carinha" da surpresa que Deus vem preparando pra mim há 37 semanas. Eu não tenho dúvidas de que tudo que Deus faz é maravilhoso e perfeito, portanto minha ansiedade é só pra ver todos os detalhes da perfeição do Pai.

Volto amanhã...bjks

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Devagar e Sempre...

Ol@,

Vim aqui dar um oizinho e dizer pra vocês como está decorrendo essa semaninha em minha vida...rs
Graças a Deus estamos bem, eu muuuuito cansada, leeenta, pra pensar e agir...rs...me sinto quase esgotada...Já não sou mais a mesma...hehe
Meu ânimo também não...quem falou que eu tenho pique e concentração pra terminar o bendito livro?! Pois é, não tem jeito, se a gravidez toda a gente vive para a "cria" a última semana então...você respira só isso!!!
Estou num clima de fazer só coisas que me deixam feliz, e o que me deixa feliz tem 99% a ver com o filhote e os detalhes da sua chegada...
Ontem fui no laboratório fazer os exames do coração, só fiz o eletro, porque grávida NÃO faz teste ergonometrico (como eu ja dsconfiava) a médica assinalou o X no quadrado errado...sem crise, um exame a menos...
Vou desencanar, paciência, depois termino o livro e retomo meu trabalho, afinal a vida não acaba essa semana, ela apenas prepara-se pra começar...
Vou me "fartar" das pequenas e mais significantes coisas da vida, vou cozinhar com muito capricho e  felicidade como sempre (já que adoro fazer isso), para o meu maridinho, curti-lo bastante, deixar nossa casinha em ordem, bem cheirosinha, tomar banhos demorados, cuidar de mim e curtir a "barriga" ...
Vou aproveitar essa semana e tentar orar mais, quantas coisas tenho pra falar com Deus, muitas coisas pra agradecer, puxa vida!
Meu pai deve voltar na semana que vem, certamente não chegará antes do bebe nascer, eu nem acredito, foram 90 looongos dias... mas em todos eles Deus me supriu! Minha sogra que vai ficar aqui comigo já esta em SP na casa da minha cunhada, o que é uma benção caso alguém resolva dar o ar da graça antes do dia 16, meu irmão disse que vem no fds e eu finalmente vou poder ver meu sobrinho....Cristo, que saudade eu tô daquele pinguinho de gente...rs...

Por hoje é só, deixo um pensamento da amada Helena Tanure pra vocês, bjo grande, obrigada por todos os comentários, pelo carinho, enfim, obrigada por tudo, volto em breve se Deus quiser.

"Quanta alegria existe nas coisas mais simples da vida!
Eu tenho pedido a Deus para me ensinar a viver e desfrutar a vida abundante que foi conquistada pra nós na cruz do calvário. Somos tão moldados na fôrma deste século que acreditamos, equivocadamente, que vida abundante é sinônimo de abundancia de bens, de festas, de pessoas ao nosso redor… E como nos enganamos! (...) É gostoso fazer as coisas pra quem se ama enquanto há tempo (...) A gente se dedica a tanta coisa e se esquece de viver o hoje da melhor maneira que se pode viver.
Faça o seu melhor para aqueles que estão mais perto de você. Normalmente, são os que mais merecem, afinal de contas, são eles que aguentam seu mau humor, suas crises e te ajudam quando você está doente".

sábado, 7 de agosto de 2010

O Fabuloso Destino d'Amelie Poulain

Contando Histórias...
Eu ja tive outros blogs, dois deles me renderam boas amizades e alguns aborrecimentos. Um de meus blogs me rendeu uma super entrevista na Revista Seleções - Readers Digest, falei sobre minha experiência com inibidores de apetite e de como aprendi a comer corretamente sem precisar deles, dia desses publico aqui. Também me rendeu episódios desagradáveis, aproveitando o gancho de um artigo que escrevi sobre uma doença auto-imune, um cara tentou se aproximar dizendo que tinha a doença mas se tornou indigesto, tentando vasculhar meu orkut me pedindo pra adicioná-lo,  procurando meu nome no google e querendo saber coisas sobre minha vida. Me mandou um email pelo email que eu tinha no blog com duas fotos minha uma do orkut e outro do artigo da revista que ele achou  "googlando". Tive que dar um super corte...detalhe era uma pessoa mais velha, dizia -se casada, evangelica e etc...super indigesto. Confesso, tive até medo!
Por fim, sofri o aborto, e tinha uma pessoa que trabalhava comigo que achou meu blog e aí eu ja não tinha mais liberdade, essa pessoa era bem bacana mas falava demais, do tipo que todo assunto  "põe na roda" não queria que todos da empresa que trabalhei soubessem da minha vida, eu queria "uma certa privacidade" e mais que isso, liberdade pra escrever. Não queria que soubessem da minha gravidez e que passassem a especular como eu pagaria minhas contas estando desempregada...Abandonei os blogs e fiz uma faxina no orkut, que pra mim é ferramenta pra falar com as pessoas que fazem parte da minha vida e não pra adicionar um monte de xereta que nem sabe de onde te conhece mas ta sempre a fim de saber o que ta rolando com vc! Cansei...tem gente que tá lá ha anos e nunca te mandou um recado nem no seu aniversário, pra que manter? Mantenho quem tem laço comigo.
Mas eu sentia uma super falta de escrever e tal, então resolvi criar este blog, inspirada na história da doce Amelie Poulain, um filme francês que trata a história de Amélie desde sua infancia, é algo sobre ajudar, transformar, ficar feliz por fazer alguem feliz e sobre as pequenas coisas da vida que fazem a gente feliz tbem, mas sem a necessidade dos "confetes", assim decidi ter um novo blog sem meu sobrenome, sem mostrar meu rosto... sem expor minha familia. 

A história mudou um pouquinho. Aos poucos fui me sentindo mais segura, e querendo dividir mais minha vida, quando a Rô - do blog A Espera de Um Anjo me falou de postar uma foto da barriga e tal, me deu aquele friozinho na espinha sabe...rs... foi um pedido tão sincero, tão de amiga...rs, demorei um tiquinho, mas eu postei mesmo que discretinha, e foi bom porque venci a desconfiança e ao contrário de quando comecei o blog meu sentimento é outro: Aqui é minha casa, portanto no meu espaço eu dou as regras! Sendo minha casa recebo quem eu quiser, se tiver visitas indesejáveis, privatizo ponto. Adoro receber todas vocês aqui, é como um chá da tarde, o post é o que será servido hoje e quem passa e comenta são as pessoas que puderam participar do chá comigo nessa tarde agradável. E que venham mais, no mesmo espírito e serão muito bem vind@s !
Quantas amizades queridas fiz aqui, agradeço a Deus por isso, e não tenham dúvidas meninas, eu realmente oro por vocês, sei de cada uma que passa por aqui, e sei de cor a história de vocês, tenho memória de elefante mesmo, lembro de todas...me entristeço com suas dores e me alegro com suas vitórias! E agradeço a cada uma de vocês por fazerem parte da minha vida!!! Algum dia com certeza a gente se cruza aqui nessa Terra ou no Céu...

Bjo enorme pra todas vocês!!!

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Encerrando para Começar....

Ol@ Meninas,

Estou há uma semana e três dias do meu parto que está marcado para o dia 16 de agosto. Ontem foi minha última consulta antes do parto contando que tudo corra bem nessa próxima semana com a graça do Bondoso Deus. O bebe está ótimo e de acordo com o ultimo USG aguenta firme mais esta prox. semana! Glória a Deus!
Ontem tive visitas, (sogra e cunhada) e passei um dia bem agradável graças ao Pai! No entanto antes delas chegaram eu estava lavando uma loucinha e senti um leve mal estar, uma pressão no peito, resolvi sentar e contei meus batimentos, estavam em "120".... suspeitei mesmo que fosse taquicardia... Resolvi ficar em repouso e graças a Deus foi voltando ao ritmo, durante o dia ainda tive alguns picos de arritmia porem mais fracos, então na consulta comentei com a médica, ela mediu minha pressão e continua ótima graças a Deus.
Há duas possibilidades: algo de errado com meu coração ou ansiedade. Eu voto na segunda, não porque é mais comodo pra mim, mas porque ja fiz em outras ocasiões exames do coração (entendo que agora seja uma situação diferente) e nunca deu problema nenhum e eu sou mesmo muito ansiosa, elétrica...mesmo se fico quietinha e contida minha cabeça tá sempre a mil por hora e tô sempre matutando alguma coisa...rs...Por via das dúvidas vou fazer uns exames amanhã, lá vou eu fazer exposição da minha figura no laboratório e mostrar minha barrigola no teste da esteira. Teste da esteira pra gravidas? Disseram que é tranquilo, suave...vamos ver... ela pediu os exames por desencargo de consciencia e pra ficarmos mais tranquilas... Antecipando-se  ela me receitou um floral pra dar uma relaxada nessa última semana! Conversou comigo, perguntou se eu tava com algum medo e buscou me tranquilizar, minha médica é mesmo um anjo!

************************* // *************************

Nessa ultima semana termino de ler meu livro, como disse a Mariana do blog Pequeno Guia Prático, também estou na fase fechando ciclos... Estou na verdade Encerrando Ciclos para o Início de Uma Nova Etapa... É o fim do óleo e do creme para gestante, coincidentemente o fim da última temporada do House,  já fiz a "ultima" faxina da casa antes de ir pra maternidade, nos próximos dias só vou manter e claro fazer o trivial.
Hoje é um bom dia para assistir O Fabuloso Destino de Amelie Poulain e sentir aquela nostalgia gostosa do comecinho da gravidez,  (este nome lhes é familiar?...rs... Por esses dias conto como escolhi o nome do Blog) preciso fazer umas anotações no diário da grávida que tá meio atrasado aqui... ainda faltam algumas coisinhas e sempre vão faltar!
Marcar uma horinha no salão pra ir "boneca" conhecer o filhote...rs.. .Já estou me conformando, não vou poder usar maquiagem por lá, nada, nada...adoro maquiagens discretas que fazem a mais reles mortal se sentir diva com direito a pele de pessego e cilios de apaixonada, but....desenvolvi uma alergia "grávidica" a lapis, rimel, base qquer coisa, se uso, no dia seguinte tenho uma crise de rinite, seguida de coceiras interminaveis  e muitos espirros! Cesarea? Pontos? Espirros?...Péssima ideia.
Se Deus assim nos permitir: amanhã vamos a santa ceia em nossa igreja, ainda vamos dar uma saidinha (não amanhã), talvez um cinema, jantar fora, um programinha a dois, "a dois será?"...rs...tá bom, a dois e meio....rs, quando será que vamos no cinema de novo?...rs...Pretendo tirar um montão de fotos nesse e no próximo fim de semana..rs...e antes de ir pra maternidade, deixar umas fotinhos do quarto do bebê pra vcs verem né?! ah e claro da barriga! Por hoje é só meninas, excelente fds pra vcs....bjks

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Considerações Finais - Parte I

Ol@ Meninas,

Estou chegando na reta final da minha gestação, antes de iniciar minhas considerações finais, quero agradecer a Deus por ter chegado até aqui, por tudo que vivi nessas 36 abençoadas semanas, e quero também agradecer a meu fiel amigo Jesus que sempre segurou em minha mão quando tive medo e olha que eu tive muuuuuitos medos! Obrigada Jesus, por tudo!
Respondendo a perguntinha da Taty no comentário do último post, eu tô suuuuper ansiosa para o momento do parto, parece que chego no ano novo mas não chega o bendito dia...rs...tenho até sentido um medo chatinho que ta sempre aqui me rondando...tudo que tento ler sobre parto cesarea é desanimador...que irritante! Bem vamos ao que interessa, as considerações finais:

Os Pontos Positivos:
Bem, neste período de gravidez notei que, as pessoas sorriem pra mim com mais facilidade, adorei poder usar as filas preferenciais, responder um milhão de vezes que o bebê é pra agosto, adorei ouvir quase que unanimemente que não engordei quase nada, mesmo me sentindo "redonda". Adorei ser super, extra mimada pelo marido que cuidou tão bem de mim, amei cuidar de cada detalhe das coisinhas do meu filhote, suas roupinhas, seu quartinho que ainda falta alguns ajustes, mas estamos a caminho, adoro sentir meu anjinho se mexendo e como se mexe viu, foi ótimo usar roupas confortáveis e mais largas sem pensar nossa to parecendo grávida com essa roupa, porque dessa vez estou realmente grávida...rs,  não usei nada que ficasse me apertando, marcando ou me incomodando, comi com tranquilidade durante a gestação sem muitas extravagâncias, mas com muita tranquilidade e sem peso na consciência, não tive muitos desejos, mas três coisas eu quis realmente comer, sem loucura de ter de sair correndo pra comprar: Coxinha, Rabanada e Bolo de Rolo..., tudo a seu tempo claro, é bom explicar porque se tratando de grávidas, já vi coisas esquisitas, misturas estranhas....rs...mas vamos lá: coxinha foi logo no comecinho da gravidez, rabanada quando fui pra casa do meu irmão no interior de SP, e bolo de rolo a semana passada. Olha que gravida comportada, uma vontade avassaladora a cada 3 meses, nem dei muito trabalho para o maridex...rs
Fisicamente falando:
Engordei 9 kg, não tive nenhuma estria até agora, graças a Deus, me apaixonei pela minha barriga, se meu pequetito ta acordado faço carinho e ele responde, tao espertinho! Outras coisas aumentaram de tamanho o que é natural e não me deixou muito contente, porque antes eu já não achava pequeno, agora misericórdia, acho enorme...rs...vamos pensar que tudo é para o bem estar e alimentação do meu filhinho amado...pronto, ta justificado...Meu cabelo é o assunto mais delicado deste período, em duas palavra resumo: está horrível.
Tá enoooorme, cheio de fios rebeldes em cima e com vida própria, bendita seja a chapinha que me dá uma força nessas horas. Vou deixar pra cortá-lo depois que nascer o bebê...na verdade o corte não é o problema, preciso fazer uma quimicazinha básica nele...A pele não esta das melhores tbem, o rosto muitas vezes oleoso e as pernas super secas... dá-lhe tônico em um e hidratante no outro.
Espiritualmente falando:
Essas 36 semanas foram as melhores da minha vida, me senti mais próxima do Pai, porque permiti que ele dirigisse meus passos dia após dia, que rica experiência! Tenho vivido de milagres e Deus em sua infinita graça tem me suprido e eu em contrapartida, vou buscando abrir meu coração pra varrer de lá tudo que não é bom e deixar a casa asseada pra receber os manjares do Senhor. Tenho desenvolvido mais tolerância e compaixão em relação as pessoas e muitas vezes em relação as bestialidades que ouço...rs..(super tolerancia chamando de bestialidade...ótima atitude...hehe), falando sério agora, é simples tolerar uma coisinha dita aqui ou ali por alguém que a gente gosta e pensa diferente ou por alguém que a gente não é tão chegado e não faz diferença, mas suportar quem está sempre pisando no "tomate" é uma cruz, ainda mais se estas pessoas são do seu convívio. Esses dias ouvi de uma "parente": Nossa o bom é que você não se sente sozinha né?! E ao invés de ficar quase com "ódio" dela, respirei fundo, sorri, respondi educadamente, e depois fiquei aqui com meus botões pensando: Mas que idéia, é lógico que eu me sinto sozinha, já não tenho minha mãe, meu pai ta fora, meu irmão nunca me visita, minha sogra mora no interior, o que me sobra de companhia aqui? Meu marido que sai de casa as 7h00 da manhã e volta as 19h00? Porque eu não me sinto só, porque não fico pendurada no telefone atrapalhando as pessoas com meus sentimentos? Tenho amigas, mas são casadas, trabalham, outras tem filho, nos vemos esporadicamente, não tenho direito de ficar alugando ninguém full time. Ainda bem que tenho este cantinho, onde consegui tantas amizades, que me trazem tanta aleria. Ao contrário do que se pensa, sou de carne e osso, e durante o dia eu falo com Deus, muitas vezes chorando sobre minhas angústias e problemas, e canto na pia lavando louça as vezes chorando, porque estou só ou porque não vejo solução para certas situações, mas nunca fiquei frustrada em minhas orações, porque eu vivo: "O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã" Salmos 30:5 Da mesma forma que sorrio falando com Deus e lhe agradecendo pelo que tem feito por nós e por outras pessoas também.
O que eu peço a Deus, desde agora e o mesmo quando nosso bebê nascer é que eu tenha discernimento sobre as pessoas e suas ações e que a ternura de que preciso pra ser doce, gentil e educada jamais me torne uma pessoa fraca e sem pulso com medo de dizer: NÃO. Que eu diga sempre que necessário: "não" sem medo e que tenha paciência e sabedoria para fazê-lo da maneira correta.