sexta-feira, 9 de abril de 2010

O que estou vivendo?!


Bem, minha vida deu uma mudada de 360 graus nos últimos 6 meses. Fui demitida, um mês depois eu estava gravida, não por acidente, mas porque eu e meu marido queriamos viver esta benção. No início precisei de repouso por conta de um descolamento, mas agora pra glória do bondoso Deus estou bem!

Junto com as emoções da gravidez, também veem as incertezas e os medos de um montão de coisas. Sempre fui uma pessoa acostumada a ter o "controle da situação"e a minha saída do trabalho mexeu muito com esta questão. A realidade é que eu não aguentava mais trabalhar onde eu estava, mas a maneira como aconteceu minha saida me deixou muito triste...Coisas da vida(...)

Essa semana eu me senti muito chateada, pra baixo e ontem conversando com o meu amado marido que é sem dúvida um amigo sem igual abri meu coração sobre como eu vinha me sentindo e lavei alma literalmente...rs...Foi muito bom termos conversado, fui dormir mais leve e aliviada, e durante a conversa me dei conta de que apesar de eu sempre ter sido uma pessoa independente financeiramente e ter trabalhado desde cedo, neste momento minha prioridade é outra. E eu não trocaria por dinheiro nenhum deste mundo a felicidade de ter meu bebe saudavel crescendo aqui na minha barriga tão protegidinho de tudo, pelo meu trabalho anterior, meu salário e meu prestígio profissional...

Que fique claro que não estou dizendo que nada disso importa, muito pelo contrário, mas há momentos e momentos em nossas vidas e oque era tão importante ontem pode não ser a prioridade numero um hoje. Depois que meu tigrinho nascer com a graça de Deus, pretendo dar outro rumo a minha vida profissional, por isso quero deixar tudo engatilhado para prestar a prova da pós para estudar ano que vem! Quero dar todo amor e assistencia possível para o meu pequeno, mas não quero viver só em função dele para depois não cometer o erro de achar que ele é "propriedade minha".

3 comentários:

Simply Cintia disse...

Nossa, que bênção! Vc está grávida! Parab éns! Fui no médico hoje e está tudo ótimo comigo, mal posso esperar pra ver minha neném. Vou estar orando por vc, Deus é fiel. Com carinho, Cintia

Rebeca disse...

A decisão de ficar em casa é sempre difícil. E pra quem não toma essa decisão, como é seu caso, pode ser ainda mais. Mas seu momento vai chegar, tanto de ser como de voltar a ser profissional. Siga seu coração é tudo será perfeito!
Vim retribuir sua visita. Obrigada pelo comentário!

Beijos

disse...

Emilie, acabei de conhecer o seu blog e já li tudinho. Me emocionei tb. Fico feliz que hj esteja tudo bem com vc ,o seu Lucca e seu marido.Que Deus abençoe cada vez mais sua familia.
Tenho um histórico de gestações complicado,em novembro sofri um segundo aborto na 12 semana, dizer que sofri mto é pleonasmo. Ha pouco tempo descobri q estou gravida de novo, 8 semanas,mas tb com um pequeno descolamento na placenta...Me apegando à Deus nosso Senhor que é o único neste momento q me dá a certeza da vitória!
Fique bem querida, virei visita-la mais vezes e com certeza estará nas minhas orações.
Bjs!