quarta-feira, 14 de julho de 2010

Minha Gravidez em Partes -

33 Semanas - Obrigada Senhor por essa vitória...por este sonho lindo que cada dia se torna real!

Como eu ja disse aqui esta é minha segunda gravidez, mas a primeira bem sucedida.
Quando engravidei pela primeira vez em jun/09, eu tinha alguns ideais. Eu queria muito que o bebê fosse uma menina, ja tinha em mente que se viesse um menino eu ficaria muito feliz e ía amá-lo da mesma forma, mas minha preferência era uma menina. Eu também queria me exercitar durante a gravidez, queria manter a boa forma, controlar a alimentação, trabalhar até o último dia que eu aguentasse e eu queria aguentar até perto das 40 semanas uma vez que o parto não adiantasse, e por fim me prepararia fisica e psicologicamente para o tão sonhado parto normal. Eu faria exercícios próprios para isso, talvez tivesse uma doula e ja estava decidida a fazer exercícios para aumentar a elasticidade do períneo e não fazer episiotomia. Então sofri um aborto. Psicologicamente fiquei em frangalhos. Com muita fé em Deus decidimos tentar engravidar novamente. Foi bem rápido, em dois meses depois dessa decisão eu estava grávida novamente.
Nesta gravidez eu não tinha ideal nenhum...só trabalhava com hipótese de que podia dar ceto ou não, mas não planejei absolutamente nada. E ela decorreu assim:
29 de Dezembro/09 -  Fiz um teste de farmácia e deu positivo. Fiz uma surpresa para o meu marido fui almoçar com ele e durante o almoço entreguei a caixinha com o teste pra ele. Seus olhos se encheram de lágrimas, ele ficou muito feliz, ambos ficamos radiante!

Primeiro Trimestre: O primeiro trimestre foi um período muito desgastante pra mim, eu tinha muito medo, e na semana 10 tive mesmo alguns problemas, tive um descolamento, que não colava nunca, muito sangramento e pra mim era dificil crer que estava tudo bem com o bebê com o meu corpo dando sinais de que algo horrendo estava acontecendo. Tive pouco enjoo, pouca fome e não tinha animo pra nada. Neste período eu queria apenas que desse certo! E pedia muito a Deus por isso. Eu já não me importava com o sexo do bebê eu queria meu filho saudavel...eu sentia que era meu filhO, e eu ja amava tanto meu menininho, a surpresa seria se fosse uma menina...rs

Segundo Trimestre: Eu ainda tinha o descolamento, que se arrastou até a semana 18. Na semana 16 tive a feliz notícia do sexo do bebê e ficamos mais do que felizes! Eu me sentia mais forte e confiante, sentia que não tinha chegado aqui por acaso, aos poucos fui retomando o ânimo, a esperança e tava ansiosa para poder fazer as coisas. Queria passear, sair pra comprar as coisinhas do meu pequeno, e então a gravidez passou a decorrer normalmente, sem sustos, e pela primeira vez com quase 20 semanas senti meu filhote mexer. Que sensação única! Que felicidade! Comecei então comprar as roupinhas do bebê e fomos também comprar o dormitório. Eu me sentia cansada no menor esforço, tinha engordado pouco, então tinha certeza de que os meus dias sedentários estavam fazendo diferença agora. Desde que os exames mostraram que eu não tinha mais descolamento, a médica me liberou para atividades físicas. Bem nessa altura do campeonato, eu não tinha o menor estado psicologico para isso, sem chance. Eu queria poupar meu corpo para oferecer o menor risco possível ao bebe, e ja tinha perdido todo entusiasmo nesse sentido. Meu humor neste período estava totalmente fora de controle, num mesmo dia me sentia triste quase em depressão e depois feliz quase em estado de euforia...rs...ah e claro tudo isso acompanhado de um chorinho aqui outro acolá...

Terceiro Trimestre: Se eu me sentia cansada antes, agora sim descobri o que é estar realmete cansada, sinto falta de ar, descobri o que é "azia", dores lombares, durmo mal, perco o sono do nada durante a noite e minha mente viaja, me viro um milhão de vezes a noite porque não aguento ficar numa posição só, tenho as famosas contracões de braxton hicks e as vezes minha barriga fica durinha durinha por uns segundos, se deito de barriga pra cima na cama, tenho um ritual pra levantar sozinha, se agacho não levanto sem me apoiar. Meu humor agora esta mais controlado ou será que eu me acostumei ao descontrole e acho que esta normal? Bem, uma coisa é certa continuo chorona...e me sinto ansiosa, mas dentro do normal, ja que sempre fui assim...Decidi não encarar o parto normal, falta de coragem mesmo. Passei muitas coisas no último ano, então como ja falei aqui, decidi pela cesarea. Não incentivo ninguém já que eu nunca fiz, de qualquer forma cada pessoa se conhece e sabe sua tolerância em relação a dores e etc. Espero em Deus que minha escolha tenha sido o melhor para mim e para o bebe.

Nota: Vale lembrar que todas as coisas saíram ao contrario do que eu planejei, exatamente TUDO. Não estou trabalhando, nosso primeiro filho é um meninão, não terei parto normal, não fiz exercício algum, tive muito menos dinheiro do que teria se tivesse trabalhando e o planejamento é de que o bebê nasça na semana 38.


Saldo: O saldo de tudo isso é MAIS QUE POSITIVO, primeiro porque: "O planejar é do homem, mas o executar é de Deus". Estou há 33 dias de conhecer o outro amor da minha vida, as coisinhas dele já estão prontinhas e nós estamos ansiosos aguardando o dia em que ele vira preencher seu cantinho aqui na nossa casa!

6 comentários:

Simply Cintia disse...

apenas 5 semanas! AMEI o post :) que Deus continue te abençoando! minha parte favorita? o início da sua nota. assim como vc muitas coisas saíram ao contrário de tudo que planejei, mas Deus sabe de todas as coisas!

Taty disse...

amiga adorei o post adorei a parte so saldo nos planejamos mas quem sempre sabe e DEUS....beijinhossss

Eloise disse...

Que legal né amiga...nisso tudo ganhei que o palnejar vedm do homem, mas o executar vem de Deus...obrigada por esta palavra hj
Bjs

Tô na expectativa pra ver este bebezão...

Emillye disse...

É amiga vc disse tudo nós sonhamos e muito,mas o realizar é do SENHOR TODO PODEROSO!!!Que bom senão nós faríamos a nossa maneira e a DELE é bem melhor,pois não nos deixa sofrer,pois sabe de tudo,olha quanto a tudo o seu saldo é sobremaneira positivo,que alegria,estaremos orando por ti e por seu tesouro,ahhh!!!e para o paizão que cuida de vcs(maridão),bjus fique com DEUS !!!

Luz disse...

É incrivel como quando nós depositamos em Deus a nossa esperança mesmo nada ocorrendo como o imaginado ou o planejado acaba nao sendo o fundamental,mas sim o fato dEle estar direcionando nossos passos.

☆♥ Rô ♥☆ disse...

Ahh Emi que lindo seu relato. Realmente as coisas que planejamos quase nunca acontecem, mas o que Deus escreve pra nós acaba sendo a história mais linda,cheia d eobstaculos vencidos... Fico feliz por vc,amiga, ´por estar na reta final e com o coração imensamente feliz com o desenvolver dos fatos. Infelizmente eu tb não me acho forte o suficiente pra encarar um PN, meu medico ja me disse q terei outra cesarea e provavelmente a partir de 38 semanas será qq hora... Mas ainda falta mto ate lá...
Uma das coisas que me deixa encantada com vc amiga, é sua sensibilidade, sua proximidade de Deus, sua gratidão mesmo com tanta dificuldade. Estamos muito feliz por vc, pela sua familia que logo irá aumentar e se tonar mais e mais feliz.
Grande bj!!!